Ligue-se a nós

Segurança

Mais 50 viaturas chegam ao Rio para o patrulhamento diário da PM em todo o estado

Redação Informe 360

Publicado

no

O patrulhamento diário da Polícia Militar em todo o Estado do Rio de Janeiro ganha mais um importante reforço neste domingo (29/10), com a chegada de mais 50 novos carros operacionais. Até o final deste ano, a frota da Secretaria de Estado de Polícia Militar (SEPM) receberá, no total, 440 viaturas zero quilômetro, parcialmente blindadas. A renovação da frota é resultado de um investimento de R$ 96 milhões do Governo do Estado. Os novos veículos fazem parte da primeira remessa, de 178 veículos.


– É mais investimento em segurança para nossa população. O combate ao crime, sobretudo às quadrilhas organizadas, de milícias e narcomilicianos, passa, além da asfixia de fontes clandestinas de renda e endurecimento das leis para terroristas, também pela reorganização estrutural física das nossas forças de segurança. Estamos fazendo nossa parte, e reforço que é preciso a união de todos os estados e governo federal nessa luta de combate à criminalidade – afirmou o governador Cláudio Castro.

De acordo com o cronograma estabelecido pelo Governo do Estado junto às montadoras, serão entregues 370 veículos do modelo Duster, da Renault, que serão distribuídos para atender a demandas das unidades operacionais de diferentes regiões. Também foram adquiridas 20 picapes Ford Ranger para o Comando de Polícia Ambiental (CPAm) e 50 SW4 da Toyota para o grupamento de Rondas Especiais e Controle de Multidões (RECOM).

O processo para a aquisição das novas viaturas, que se desenvolveu ao longo de 2023, segue as novas diretrizes do setor administrativo da SEPM, voltadas para não interromper o ciclo de reforço e renovação dos recursos materiais da corporação.

– Nossa frota precisa estar em dia para que nossos policiais possam prestar o serviço à sociedade com segurança e condições de trabalho adequadas – reforçou o secretário da SEPM, coronel Luiz Henrique Marinho Pires, lembrando que a partir do ano passado a blindagem parcial passou a fazer parte da configuração programada paras as viaturas da corporação.

Anúncio

Em 2022 foram adquiridas 513 viaturas operacionais parcialmente blindadas e, para o próximo ano, o comando da Corporação já deu início ao processo de aquisição de outros 414 novos veículos. Entre 2022 e 2024, a renovação da frota atingirá a marca de 1.367 viaturas.

Guarda-vidas dos bombeiros também recebem novas moto-aquáticas
Os guarda-vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro também recebem neste domingo uma nova remessa de motos-aquáticas para reforço das operações na orla de todo o Estado do Rio de Janeiro. Mais 19 veículos deste tipo serão entregues aos militares que necessitam dos equipamentos para garantir a segurança dos banhistas e turistas nas praias fluminenses.

A aquisição faz parte de um montante de mais de R$ 31 milhões em investimentos feitos pelo Governo do Estado, ao longo dos últimos três anos, no Grupamento Marítimo.

A entrega das motos, no 2º Grupamento Marítimo (GMAR) da Barra da Tijuca, faz parte do planejamento estratégico da corporação, com foco na prevenção, com o objetivo de reduzir o número de afogamentos nas praias cariocas e do interior. Só este ano, os guarda-vidas da corporação já realizaram mais de 1,3 milhão de ações preventivas e mais de 19 mil salvamentos marítimos.

Por: Gpverno do Estado – Foto: (Rafael Campos)

Anúncio

Geral

Força Nacional de Segurança permanecerá no Rio por mais 30 dias

Redação Informe 360

Publicado

no

O ministro de Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, autorizou nesta quinta-feira (28) a prorrogação do emprego da Força Nacional de Segurança Pública no estado do Rio de Janeiro, em apoio aos órgãos de segurança pública federal e estadual.

Os militares vão atuar nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado, por 30 dias, no período de 1º a 30 de abril.

Hoje cedo, o governador Cláudio Castro tinha pedido ao governo federal a prorrogação do efetivo de cerca de 300 homens da Força Nacional no patrulhamento do Arco Metropolitano e da rodovia Presidente Dutra. 

A operação terá o apoio logístico do governo do Rio, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional de Segurança Pública. O ministro Lewandowski determinou ainda que o contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pela diretoria da Força Nacional.

Edição: Aécio Amado

Anúncio
Continuar Lendo

Justiça

Conselho do MJ aprova uso de câmeras corporais pelas polícias

Redação Informe 360

Publicado

no

O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) aprovou nesta sexta-feira (19) uma recomendação para o uso de câmeras corporais pelas polícias em todo o país. A medida não é obrigatória e será remetida ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, para aprovação.

O texto aprovado estabelece regras gerais para gravação, armazenamento e acesso às imagens gravadas durante o trabalho de policiamento realizado pelas corporações.

Pelas regras, os órgãos de segurança pública deverão utilizar sistemas de câmeras que funcionam com acionamento automático. A gravação deverá ser feita durante todo o turno de serviço e armazenada pelo período mínimo de três meses.  

As gravações deverão ser realizadas em prisões em flagrante, no cumprimento de mandados de prisão e em inspeções de atividades prisionais.

A recomendação prevê que interessados poderão pedir acesso às imagens, como pessoas que sofreram abordagens policiais inadequadas e agentes que forem acusados de abuso de autoridade e que queiram comprovar a legalidade de sua atuação.

Anúncio

De acordo com o presidente do conselho, Douglas Martins, o objetivo da recomendação é reforçar a transparência das ações policiais, obter provas para investigações, proteger a ação policial e auxiliar no controle externo da atividade policial pelo Ministério Público.

“Estamos tratando de uma recomendação. O conselho deliberou em vez de aprovar uma resolução, que teria um caráter mais impositivo, converter em recomendação, que aponta um horizonte do que é desejável”, afirmou.  

O CNPCP é um colegiado ligado ao Ministério da Justiça e tem a função de auxiliar na formulação de políticas públicas na área criminal e penitenciária. O grupo é formado profissionais da área jurídica, professores e representantes da sociedade civil.

Agencia Brasil – Edição: Juliana Andrade

Anúncio
Continuar Lendo

Política

Governador Cláudio Castro recria Secretaria de Segurança

Redação Informe 360

Publicado

no

O governador Cláudio Castro recriou a Secretaria de Estado de Segurança. A nova secretaria será comandada pelo delegado da Polícia Federal Victor Cesar Carvalho dos Santos.

– Determinei ao novo secretário de Segurança que apresente um plano para fortalecer ainda mais as polícias Civil e Militar e que a secretaria de Segurança tenha em sua estrutura uma Corregedoria-Geral Unificada. Seguiremos, de forma integrada, combatendo fortemente as máfias que atingem não só o Rio de Janeiro, mas o Brasil – ressaltou o governador Cláudio Castro.

Victor dos Santos é delegado da Polícia Federal há mais de 20 anos. Na instituição atuou como coordenador operacional de grandes eventos, entre eles, a visita do Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, em 2013. O delegado também participou da coordenação da segurança dos Jogos Mundiais Militares e da Rio+20. Foi Superintendente Regional da Polícia Federal do Distrito Federal. Na Superintendência Regional da Polícia Federal do Rio de Janeiro, atuou na Delegacia de Repressão a Entorpecentes e na Corregedoria Regional da Polícia Federal.

Mudança também na Procuradoria-Geral do Estado

 A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) passará a ser comandada por Renan Miguel Saad. Ele vai substituir Bruno Dubeux. Renan Saad é Procurador do Estado do Rio de Janeiro há 30 anos, e já foi assessor jurídico chefe das Secretarias de Estado de Planejamento e Controle, Fazenda e Desestatização.

Anúncio

Também chefiou a Assessoria Jurídica das secretarias de Estado de Educação e de Transportes. O novo procurador-geral do Estado foi ainda responsável pela reestruturação do setor de transporte aquaviário de passageiros no Estado do Rio de Janeiro.

Mestre em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), também foi professor universitário da PUC/RJ e da Faculdade de Direito Cândido Mendes.

Fonte: Governo do Estado – Imagem: Carlos Magno/Rafael Wallace

Continuar Lendo

Em Alta