Ligue-se a nós

Tecnologia

Quais os principais vazamentos feitos pelo WikiLeaks?

Redação Informe 360

Publicado

no

O WikiLeaks é uma organização sem fins lucrativos fundada em 2006 pelo australiano Julian Assange. Seu objetivo é divulgar documentos confidenciais, segredos de Estado e informações sensíveis ao público, promovendo a transparência governamental e corporativa.

Desde a sua criação, o WikiLeaks ganhou notoriedade global por uma série de vazamentos impactantes, muitos dos quais tiveram repercussões significativas em diversos setores. A seguir, destacamos alguns dos principais vazamentos realizados pela organização.

Os principais vazamentos feitos pelo WikiLeaks

  • Os Documentos da Guerra do Afeganistão (2010)
  • Os Documentos da Guerra do Iraque (2010)
  • Cablegate (2010)
  • Vazamento sobre a Prisão de Guantánamo (2011)
  • E-mails do Comitê Nacional Democrata (DNC) (2016)
  • E-mails de John Podesta (2016)
  • Espionagem da CIA (Vault 7) (2017)
  • Trans-Pacific Partnership (TPP) (2013-2016)
  • E-mails da Sony Pictures (2014)
  • Os Documentos do TTIP (2016)
  • Impactos e controvérsias

Os Documentos da Guerra do Afeganistão (2010)

Em julho de 2010, o WikiLeaks publicou mais de 75 mil documentos secretos sobre a guerra no Afeganistão, denominados “Afghan War Diary”. Esses documentos, originários do Departamento de Defesa dos EUA, revelaram informações detalhadas sobre operações militares, incluindo ataques aéreos, mortes de civis, e atividades dos insurgentes. O vazamento expôs a realidade brutal do conflito e a discrepância entre o que era comunicado oficialmente e o que realmente acontecia no campo de batalha.

Este vazamento feito pelo WikiLeaks trouxe à tona a morte de civis em incidentes não divulgados anteriormente e mostrou a extensão do envolvimento do Talibã e da Al-Qaeda no conflito. Além disso, revelou a complexidade das operações militares e os desafios enfrentados pelas forças da coalizão liderada pelos Estados Unidos.

Imagem: VOA/Divulgação

Leia também:

  • Quem é Julian Assange, fundador do WikiLeaks?
  • O que é o WikiLeaks? Saiba mais sobre o site criado por Julian Assange
  • Wikileaks: CIA tinha planos de assassinato contra Julian Assange em Londres

Os Documentos da Guerra do Iraque (2010)

Em outubro de 2010, o WikiLeaks realizou o vazamento de aproximadamente 400 mil documentos classificados relacionados à guerra do Iraque. Conhecidos como “Iraq War Logs”, esses documentos ofereceram uma visão detalhada sobre a ocupação do país entre 2004 e 2009. Entre as revelações, estavam relatos de abusos de prisioneiros pelas forças iraquianas sob a supervisão das tropas americanas e o número significativamente maior de mortes de civis do que o reportado oficialmente.

O vazamento destacou a gravidade dos abusos de direitos humanos e as práticas controversas das forças militares no Iraque. Revelou também a ocorrência de tortura e maus-tratos a prisioneiros, levantando questões sobre a responsabilidade e a supervisão das forças de coalizão.

Anúncio

Cablegate (2010)

O “Cablegate” foi um dos vazamentos mais volumosos e impactantes realizados pelo WikiLeaks. Em novembro de 2010, a organização começou a divulgar mais de 250 mil telegramas diplomáticos do Departamento de Estado dos EUA. Esses documentos, que abrangiam um período de 1966 a 2010, continham comunicações entre embaixadas americanas e Washington.

As revelações incluíam avaliações francas de líderes mundiais, estratégias diplomáticas secretas, e informações sobre espionagem dos EUA contra a ONU. Este vazamento colocou em risco relações diplomáticas e causou constrangimentos a vários governos. Por exemplo, os telegramas expuseram a visão dos EUA sobre a corrupção no governo afegão e revelaram pedidos de líderes árabes para que os EUA atacassem o Irã para interromper seu programa nuclear.

Imagem: DW/Divulgação

Vazamento sobre a Prisão de Guantánamo (2011)

Em abril de 2011, o WikiLeaks publicou cerca de 779 arquivos de detenções relacionados à prisão de Guantánamo, localizada em Cuba. Esses documentos, conhecidos como “Guantánamo Files”, forneceram informações detalhadas sobre os detentos, incluindo avaliações de risco e o tratamento a que eram submetidos.

As revelações mostraram que muitos dos prisioneiros eram considerados de baixo risco ou completamente inocentes, mas ainda assim estavam sendo mantidos presos. Além disso, os arquivos evidenciaram as práticas de interrogatório controversas e os métodos de tortura utilizados na prisão, gerando um debate acirrado sobre os direitos humanos e as políticas de detenção dos EUA.

E-mails do Comitê Nacional Democrata (DNC) (2016)

Em 2016, durante a campanha presidencial dos EUA, o WikiLeaks realizou o vazamento de uma série de e-mails hackeados do Comitê Nacional Democrata (DNC). Esses e-mails expuseram comunicações internas que sugeriam um favoritismo do DNC pela candidatura de Hillary Clinton em detrimento de Bernie Sanders durante as primárias democratas.

Anúncio

O vazamento gerou grande controvérsia e levou à renúncia de vários funcionários do DNC. Muitos acreditam que essa divulgação teve um impacto significativo na eleição presidencial de 2016, contribuindo para a percepção pública de manipulação política dentro do partido democrata. Além disso, as revelações alimentaram teorias de conspiração e levantaram questões sobre a segurança cibernética na política americana.

E-mails de John Podesta (2016)

Ainda no contexto das eleições de 2016, o WikiLeaks também divulgou e-mails do gerente de campanha de Hillary Clinton, John Podesta. Os “Podesta Emails” incluíam correspondências privadas e documentos que revelavam estratégias de campanha, discursos pagos para bancos e Wall Street, e comunicações internas controversas.

As divulgações deram munição aos opositores de Clinton, evidenciando uma proximidade desconfortável entre a candidata e interesses corporativos. Além disso, os e-mails reforçaram a narrativa de falta de transparência e integridade dentro da campanha de Clinton, alimentando a desconfiança entre os eleitores.

Imagem: The New York Times/Divulgação

Espionagem da CIA (Vault 7) (2017)

Em março de 2017, o WikiLeaks deu inicio ao vazamento de uma série de documentos confidenciais da CIA, conhecidos como “Vault 7”. Esses documentos detalhavam as ferramentas de hacking e as técnicas de espionagem utilizadas pela agência. Entre as revelações estavam métodos para invadir smartphones, TVs inteligentes e outros dispositivos conectados à internet.

O vazamento gerou preocupações sobre a invasão de privacidade e a vulnerabilidade das tecnologias modernas a ataques cibernéticos. Mostrou como a CIA era capaz de transformar dispositivos comuns em ferramentas de espionagem, exacerbando o debate sobre a segurança digital e a ética das operações de inteligência.

Anúncio

Trans-Pacific Partnership (TPP) (2013-2016)

Entre 2013 e 2016, o WikiLeaks publicou vários capítulos e documentos relacionados ao Acordo de Parceria Transpacífico (TPP), um acordo comercial multilateral envolvendo países da região Ásia-Pacífico e as Américas. As divulgações mostraram o impacto potencial do TPP em áreas como propriedade intelectual, medicamentos e internet.

Os documentos revelaram que o acordo poderia fortalecer a proteção de patentes, dificultando o acesso a medicamentos genéricos e aumentando os custos de saúde. Além disso, destacaram cláusulas que poderiam restringir a liberdade na internet e expandir os direitos de corporações multinacionais em detrimento de governos locais.

E-mails da Sony Pictures (2014)

Embora não exclusivamente uma iniciativa do WikiLeaks, a publicação dos e-mails da Sony Pictures em 2014 tornou-se um evento significativo na história dos vazamentos. Esses e-mails foram obtidos após um ataque cibernético à Sony Pictures Entertainment, e o WikiLeaks os disponibilizou em seu site em 2015.

Os e-mails expuseram negociações internas, estratégias de marketing, salários de executivos, e discussões privadas sobre filmes e atores. As revelações causaram constrangimentos à Sony, destacando questões de segurança cibernética e a vulnerabilidade das empresas de entretenimento a ataques.

Anúncio
Sony
(Imagem: Michael Vi/ Shutterstock)

Os Documentos do TTIP (2016)

Em 2016, o WikiLeaks publicou documentos relacionados à Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP), um acordo comercial entre os Estados Unidos e a União Europeia. Os vazamentos mostraram as negociações secretas e as concessões feitas por ambos os lados.

As revelações destacaram preocupações sobre a influência das corporações multinacionais nas negociações e o potencial impacto negativo em regulações ambientais, de saúde e de segurança alimentar. Os documentos alimentaram protestos e debates públicos na Europa, dificultando a conclusão do acordo.

Impactos e controvérsias

Os vazamentos do WikiLeaks têm sido uma fonte contínua de controvérsia. Por um lado, os defensores da organização argumentam que a divulgação dessas informações promove a transparência e a responsabilidade governamental, expondo abusos de poder e violações dos direitos humanos. Por outro lado, os críticos afirmam que os vazamentos colocam em risco a segurança nacional, comprometem operações diplomáticas e podem colocar vidas em perigo.

Julian Assange, a figura central do WikiLeaks, também é um personagem controverso. Em 2012, ele se refugiou na embaixada do Equador em Londres para evitar extradição para a Suécia, onde enfrentava acusações de crimes sexuais (posteriormente arquivadas).

Em 2019, após perder o asilo, Assange foi preso pelas autoridades britânicas e enfrentou um processo de extradição para os Estados Unidos, acusado de conspiração para cometer invasão de computadores e outros crimes relacionados aos vazamentos do WikiLeaks, do qual recentemente se declarou culpado, saindo da prisão britânica e rumando para os Estados Unidos.

Anúncio

O post Quais os principais vazamentos feitos pelo WikiLeaks? apareceu primeiro em Olhar Digital.

Powered by WPeMatico

Continuar Lendo
Anúncio

Tecnologia

Qual filme tem mais versões e remakes?

Redação Informe 360

Publicado

no

Versões e remakes de filmes desempenham um papel importante na indústria cinematográfica, oferecendo novas interpretações e abordagens de histórias familiares para diferentes públicos e gerações. Enquanto as versões exploram a possibilidade de reinterpretar uma obra original em diferentes mídias ou formatos, os remakes buscam recriar filmes anteriores com uma abordagem atualizada e tecnologia moderna.

Ambos os tipos de produções têm o potencial de revitalizar narrativas clássicas, apresentar histórias familiares a uma nova audiência e explorar novas perspectivas sobre temas e personagens conhecidos. Veja abaixo qual filme tem mais versões e qual tem mais remakes.

Leia também:

  • 10 filmes que são remakes (e você não sabia)
  • 10 remakes que superaram o filme original
  • Nollywood: 10 melhores filmes do cinema nigeriano para assistir online

Qual filme tem mais remakes?

Qual filme tem mais versões
Filme Nasce Uma Estrela (2018) Imagem: Divulgação / Max

Os remakes de filmes são uma parte comum e interessante da indústria cinematográfica, referindo-se à prática de recriar ou reimaginar um filme que foi produzido anteriormente. Os remakes podem variar desde uma nova versão quase idêntica do filme original até uma abordagem mais atualizada e moderna da história e dos personagens.

Embora seja difícil determinar com precisão qual filme teve o maior número de refilmagens, certamente há várias obras que foram revisitadas e reinterpretadas várias vezes, demonstrando o apelo duradouro de certas histórias e personagens para os cineastas e o público, um dos filmes com mais remake na história do cinema é “A Star Is Born” (“Nasce Uma Estrela”).

Anúncio

A história original lançada em 1937 gira em torno de Esther Blodgett, uma jovem talentosa que sonha em se tornar uma atriz de sucesso. Ela conhece Norman Maine, um famoso ator em declínio devido ao alcoolismo. Norman fica impressionado com o talento de Esther e a ajuda a conseguir sua grande chance em Hollywood.

Conforme a carreira de Esther decola, a de Norman continua a declinar, levando a conflitos pessoais e profissionais entre os dois. O filme teve vários remakes com algumas alterações entre as tramas, mas mantendo a essência da obra original. Os remakes mais conhecidos são:

1. A Star Is Born (1937): Dirigido por William A. Wellman, estrelado por Janet Gaynor e Fredric March.

2. A Star Is Born (1954): Dirigido por George Cukor, estrelado por Judy Garland e James Mason. Esta versão é considerada um clássico.

Anúncio

3. A Star Is Born (1976): Dirigido por Frank Pierson, estrelado por Barbra Streisand e Kris Kristofferson.

4. A Star Is Born (2018): Dirigido por Bradley Cooper, estrelado por Cooper e Lady Gaga. Esta versão foi muito aclamada e ganhou vários prêmios.

Qual filme tem mais versões?

Filme: A Christmas Carol Imagem: Divulgação

Uma versão de filme refere-se a uma produção cinematográfica que é baseada em uma obra anterior, como um filme, livro, peça teatral ou outro tipo de mídia. Uma nova versão pode ser um remake, reimaginação, adaptação ou sequência de uma obra original, apresentando uma nova interpretação da história, personagens e elementos visuais. As versões de filmes podem variar em sua fidelidade ao material original, com algumas seguindo de perto a história original e outras tomando liberdades criativas significativas.

Determinar qual filme teve o maior número de versões ao longo da história do cinema é uma tarefa desafiadora, pois isso pode depender de como “versão” é definida e quantas adaptações e refilmagens de um determinado filme são consideradas como “versões” separadas. No entanto, um dos filmes mais adaptados da história do cinema é “A Christmas Carol” (em português, “Um Conto de Natal”), de Charles Dickens. Este clássico conto de Natal foi adaptado para o cinema inúmeras vezes desde que foi publicado em 1843. Entre as versões mais conhecidas estão:

“A Christmas Carol” (ou “Um Conto de Natal”) é uma história clássica escrita por Charles Dickens, que foi adaptada para o cinema e a televisão várias vezes ao longo dos anos. Algumas das versões mais famosas incluem:

Anúncio

1. A Christmas Carol (1951): Esta versão britânica dirigida por Brian Desmond Hurst é considerada uma das adaptações mais fiéis ao romance original. Alastair Sim interpreta Ebenezer Scrooge de forma memorável.

2. Scrooge (1970): Esta versão musical do clássico foi dirigida por Ronald Neame e estrelada por Albert Finney como Ebenezer Scrooge. O filme é conhecido por suas performances musicais e adaptação criativa da história.

3. The Muppet Christmas Carol (1992): Uma versão única do clássico conto de Natal, dirigida por Brian Henson e estrelada pelos famosos Muppets de Jim Henson. Michael Caine interpreta Ebenezer Scrooge ao lado dos adoráveis personagens Muppets.

4. Scrooged (1988): Uma adaptação moderna e humorística do conto clássico, dirigida por Richard Donner e estrelada por Bill Murray como Frank Cross, uma versão contemporânea de Ebenezer Scrooge. O filme apresenta uma abordagem única e satírica à história.

Anúncio

5. A Christmas Carol (2009): Dirigido por Robert Zemeckis e estrelado por Jim Carrey, este filme utiliza a tecnologia de captura de movimento para contar a história de Ebenezer Scrooge de uma maneira visualmente impressionante. É uma adaptação mais fiel ao romance original, com algumas inovações tecnológicas.

Além dessas, há muitas outras versões de “A Christmas Carol”, incluindo adaptações em desenhos animados, filmes de TV, peças teatrais e até mesmo episódios de séries de TV. Portanto, “A Christmas Carol” é um forte candidato a ser um dos filmes com o maior número de versões ao longo do tempo.

    O post Qual filme tem mais versões e remakes? apareceu primeiro em Olhar Digital.

    Powered by WPeMatico

    Anúncio
    Continuar Lendo

    Tecnologia

    Grêmio x Operário: onde assistir, horário e escalações do jogo da Copa do Brasil

    Redação Informe 360

    Publicado

    no

    Neste domingo (14), Grêmio e Operário fazem duelo válido pela volta da terceira fase da Copa Betano do Brasil 2024. O confronto acontece às 11h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS).

    • Grêmio x Operário
      • Competição: Copa Betano do Brasil 2024
      • Data: 14/07 (domingo)
      • Horário: 11h (horário de Brasília)
      • ​Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)

    Onde assistir ao duelo entre Grêmio e Operário?

    O confronto válido pela volta da terceira fase da Copa Betano do Brasil 2024 entre Grêmio e Operário será transmitido exclusivamente no streaming, pelo Prime Video.

    Possíveis escalações e arbitragem

    • Grêmio: Marchesín; João Pedro, Geromel, Rodrigo Ely (Kannemann), Reinaldo; Villasanti, Dodi (Pepê), Edenílson, Soteldo; Gustavo Nunes, Pavón.
      • Técnico: Renato Gaúcho
      • Desfalques: Fabio, Carballo, Diego Costa, André Henrique, Jhonata Robert, Lucas Mila (lesionados); Gustavo Martins, Cristaldo (poupados)
    • Operário: Rafael Santos; Sávio, Joseph, Willian Machado, Pará; Índio, Jacy (Diniz), Pedro Lucas; Rodrigo Rodrigues, Felipe Augusto, Ronaldo.
      • Técnico: Rafael Guanaes
      • Desfalques: Ronald, Daniel Lima (dúvidas); Rodrigo Lindoso (lesionado)
    • Arbitragem:
      • Árbitro: Ramon Abatti Abel (FIFA/SC)
      • Assistentes: Tiaggo Americano Labes (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
      • Quarto árbitro: Arthur Gomes Rabelo (ES)
      • VAR: Daiane Muniz (FIFA/SP)

    Leia mais:

    • Futebol ao vivo no celular: aplicativos para assistir a jogos ao vivo
    • Resultado do futebol: veja os 5 melhores aplicativos
    • Qual o melhor aplicativo de aposta de futebol?

    Campanhas de Grêmio e Operário na Copa Betano do Brasil 2024

    O Grêmio começou a disputar a Copa Betano do Brasil 2024 justamente na terceira fase, diante do Operário. No primeiro jogo, disputado no Paraná, o placar foi de 0 a 0.

    Já o Operário começou sua caminhada na competição ainda na primeira fase, onde eliminou o homônimo de Mato Grosso do Sul após empate por 0 a 0 (o Fantasma tinha a vantagem do empate). Na segunda fase, bateu o Villa Nova/MG por 2 a 0.

    Futebol ao vivo: conheça aplicativos para assistir aos jogos pelo celular

    Futebol é uma paixão nacional. Por isso, nada mais natural do que ver a internet popularizando o acesso a campeonatos nacionais e internacionais no Brasil. Com as mudanças da tecnologia, ficou bastante fácil assistir a jogos de futebol ao vivo e online no seu celular.

    Filmes e séries, por exemplo, já podem ser assistidos a qualquer hora e em qualquer lugar, graças aos serviços de streaming. Mas não são apenas essas produções que podem se beneficiar das ferramentas modernas: os esportes também. Assim, já é bastante fácil assistir a jogos de futebol ao vivo e online, seja do seu celular ou do computador.

    Anúncio

    Olhar Digital preparou um artigo especial ensinando como fazer para acompanhar os principais campeonatos de futebol — nacionais e internacionais, de clubes ou seleções — diretamente do celular ou computador via streaming ao vivo. Confira aqui como assistir aos jogos ao vivo!

    O post Grêmio x Operário: onde assistir, horário e escalações do jogo da Copa do Brasil apareceu primeiro em Olhar Digital.

    Powered by WPeMatico

    Anúncio
    Continuar Lendo

    Tecnologia

    As Bruxas Mayfair: confira sinopse e trailer da nova série no Prime Video

    Redação Informe 360

    Publicado

    no

    Baseado na obra da aclamada escritora Anne Rice, a série “As Bruxas Mayfair” discorre sobre o despertar dos poderes sobrenaturais de Rowan Fielding: uma neurocirurgiã que se envolve na morte de um homem. Após o acontecido, ela é tragada para a história de sua família biológica, que há muito pensava estar enterrada, e descobre ser a herdeira de um casarão sinistro em Nova Orleans. Ela chega à casa procurando por respostas, mas descobre um passado sombrio e percebe a presença de um mal ancestral no casarão que herdou.

    A seguir, confira mais informações sobre a série, como sinopse e trailer. A adaptação foi desenvolvida pela Lionsgate e agora estreia no sistema de streaming do Prime Video.

    Confira sinopse e trailer de “As Bruxas Mayfair”

    Rowan Fielding (Alexandra Daddario) foi adotada quando ainda era uma bebezinha e sempre teve tudo de que precisava durante seu crescimento. Ela nunca soube absolutamente nada sobre sua família biológica, pois nunca conseguiu informações coerentes a respeito. Até então, Rowan não via a si mesma como uma pessoa muito diferente de seus colegas médicos, mas isso muda quando ela causa a morte de um colega de trabalho apenas com o pensamento.

    Assustada, ela percebe que não há provas que a liguem à morte do homem, mas ela sabe a verdade. Logo depois, ela é informada que sua mãe biológica, aquela que nunca conheceu, já não está mais viva e que a deixou um casarão antigo em Nova Orleans. Então, ela decide partir para a cidade em busca de respostas sobre o seu passado.

    Anúncio

    Leia mais:

    • 5 franquias completas ou em andamento para assistir no Amazon Prime Video
    • 10 filmes de ação para ver na Amazon Prime Video
    • Primeira Vez Amor: confira trailer, sinopse e elenco
    As Bruxas Mayfair (Imagem: Divulgação)

    Chegando na cidade, Rowan descobre que os habitantes da cidade possuem muitas histórias macabras para contar sobre o casarão, e todas envolvem bruxaria, mortes e assassinatos. Aos poucos, ela descobre que as mulheres da família Mayfair são todas bruxas e que não apenas um histórico sobrenatural e sombrio se resguarda na casa, mas uma força maligna que está disposta a tudo para levar Rowan para o lado perverso.

    O elenco conta com outros nomes como Jen Richards, Jack Huston, Annabeth Gish, Harry Hamlin, Tongayi Chirisa, Hannah Alline, Erica Gimpel e muito mais. A primeira temporada estreou recentemente no Prime Video e conta com 9 episódios, cada um com uma média de 40 minutos.

    O post As Bruxas Mayfair: confira sinopse e trailer da nova série no Prime Video apareceu primeiro em Olhar Digital.

    Powered by WPeMatico

    Anúncio
    Continuar Lendo

    Em Alta