Moro pede demissão após Bolsonaro mexer no comando da PF, diz jornal

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, pediu demissão após ser informado pelo presidente Jair Bolsonaro que Maurício Valeixo deixaria a diretoria-geral da Polícia Federal. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Moro pediu demissão assim que soube da intenção de Bolsonaro de promover a troca no comando da PF. Valeixo foi escolhido pelo próprio ministro para ocupar o cargo na Polícia Federal e é homem de confiança do ex-juiz.

Após o pedido de demissão, Bolsonaro convocou os ministros Braga Netto, da Casa Civil, e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria do Governo, para tentar demover Moro da ideia. Segundo fontes do Ministério da Justiça, no entanto, Moro deixará o governo caso Valeixo seja tirado do cargo.

Esta não é a primeira vez que Jair Bolsonaro fala em trocar o comando da Polícia Federal. Desde o ano passado, o presidente tem tentado tirar Valeixo do cargo, sempre com a resistência de Moro. Em agosto, o presidente chegou a dizer que o diretor-geral da PF era subordinado a ele, não ao ministro. “Está na lei que eu indico e não o Sergio Moro. E ponto final”, disse na época. Fonte: Jovempan /Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.