Lorenzo Pazolini promove corte de gastos e comissionados em Vitória

Em seu primeiro ato como prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini (Republicanos), que tomou posse nesta sexta-feira (1º), publica um Decreto de Contingenciamento que prevê corte de gastos e cargos comissionados.

O decreto, publicado neste sábado (02) no Diário Oficial, regulamenta diretrizes e dá providências para a contenção de gastos do Poder Executivo Municipal no exercício deste ano.

Entre as medidas, fica estabelecida a meta de redução de, no mínimo, 20% do total dos cargos em comissão do Poder Executivo; e 20% do número de contratados em regime de designação temporária.

Mesmo percentual, 20%, aplica-se também nas despesas realizadas em 2020, como: locação e aquisição de veículos, telefonia, impressão, suprimentos de informática e material de expediente, concessão de diárias, contratos de vigilância, limpeza e conservação.

Essa redução, no entanto, não se aplica quando se trata de ações relacionadas à saúde, educação e segurança.

Além disso, foi criado o Comitê de Controle dos Gastos Públicos (CCGP), composto pelos secretários municipais de Governo, Fazenda e Gestão, Planejamento e Comunicação, que vai adotar e analisar medidas destinadas a reduzir as despesas da máquina pública.

Lorenzo Pazolini explica que essas medidas se fazem necessárias diante do cenário desafiador à frente no pós-Covid-19 e nas previsões da economia para este ano, com queda no Produto Interno Bruto (PIB), o fim do auxílio emergencial e o crescimento da inflação.

“Acreditamos que é possível termos uma gestão com mais entregas, economizando recursos públicos, pois as despesas correntes cresceram acima da inflação nos últimos anos. Vitória tem previsto para 2021 apenas R$ 30 milhões para investimentos com recursos próprios. Nossa meta é, no mínimo, dobrarmos esse valor, com as medidas que estamos adotando. Possibilitando, assim, entregarmos uma cidade com mais paz e igualdade”, afirmou o prefeito. Fonte: Tribuna On Line

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.