Fraude milionária: ex-prefeito e ex-secretário de Aracruz são alvos de operação do MPES

Uma operação deflagrada na manhã desta quinta-feira (10), investiga um ex-prefeito e um ex-secretário de Aracruz, além da empresa que atualmente presta serviços de limpeza pública no município. O valor dos contratos investigados supera R$ 185 milhões.

A operação é realizada pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Norte) e da Promotoria de Justiça de Aracruz, com participação e apoio do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES.

Denominada “Patrícios”, a operação investiga fraudes em contratos no setor de coleta, transporte e tratamento de resíduos sólidos no município de Aracruz.

Estão sendo cumpridos 10 mandados de buscas e apreensões nos municípios de Aracruz, João Neiva, Ibiraçu, Vitória e Vila Velha, para a apreensão de documentos, computadores, mídias e outros equipamentos visando apurar a prática, em tese, de crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, fraude à licitação, lavagem de dinheiro, dentre outros.

Além da empresa que atualmente presta serviços de limpeza pública em Aracruz, estão entre os alvos da Operação “Patrícios” o ex-prefeito e um ex-secretário do município.

As investigações estão sendo conduzidas por quatro promotores de Justiça, com participação e apoio de 20 policiais militares do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES, além de outros servidores.

A equipe de reportagem do Folha Vitória (Portal que noticiou o matéria) procurou a Prefeitura de Aracruz, mas ainda não obteve retorno. A resposta será acrescentada assim que for enviada.

Fonte: Folha Vitória

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.