Cláudio Luís Braga dell’Orto é eleito presidente do TRE-RJ

Eleito por aclamação, o desembargador Cláudio Luís Braga dell’Orto tomou posse na Presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), em sessão solene realizada no Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). O desembargador Elton Martinez Carvalho Leme assumiu a Vice-Presidência e Corregedoria Regional Eleitoral. Na mesma solenidade, o juiz Afonso Henrique Ferreira Barbosa tomou posse como membro titular do Colegiado do TRE-RJ. O governador do Rio de Janeiro em exercício, Cláudio Castro, participou da cerimônia de posse que ocorreu na segunda-feira (15).

No discurso de posse, o novo presidente do TRE-RJ solidarizou-se com as vítimas da Covid-19, lembrou os desafios impostos pela pandemia à Administração Pública e prometeu que a nova gestão terá como foco o cidadão.

“Acreditamos na superação das dificuldades e no aprendizado obtido nos tempos difíceis. Os serviços eleitorais devem ser prestados com a máxima eficiência e neste momento, de preferência, sem que o eleitor necessite realizar deslocamentos desnecessários”, afirmou o desembargador Cláudio dell’Orto.

O magistrado destacou ainda que a urna eletrônica é um produto da inteligência brasileira. Segura, auditável e inviolável, a máquina de votar garante transparência ao processo eleitoral brasileiro, além de torná-lo “o mais eficiente de todas as democracias contemporâneas”. O desembargador acrescentou que o uso da tecnologia pela Justiça Eleitoral também permitiu “tornar realidade o eficiente atendimento remoto aos eleitores”.

O novo vice-presidente e corregedor, desembargador Elton Leme, enfatizou o papel da justiça em combater a intolerância e defender a diversidade de ideias. “Esta casa eleitoral cultiva a democracia e o Estado de Direito e deve proteger o direito de minorias e maiorias silenciadas”, discursou o magistrado. O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, participou da cerimônia de forma remota, por videoconferência. Ele lembrou a missão da Justiça Eleitoral, “de zelar pela integridade do sistema eleitoral e defendê-la”.

Também discursaram na cerimônia a procuradora regional eleitoral, Silvana Batini, a advogada Vânia Aiêta e o presidente da Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj), juiz Felipe Gonçalves, e o desembargador federal Guilherme Couto.

Fonte: TRE-RJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.