Avião com 132 pessoas cai na China e causa incêndio

Um Boeing 737-800 da companhia China Eastern Airlines com 132 pessoas a bordo, sendo 9 tripulantes e 123 passageiros caiu hoje no sudoeste da China e o número de mortos e feridos ainda é desconhecido, informou a Administração de Aviação Civil da China.

A imprensa local informou que, segundo os funcionários do aeroporto, o voo MU5735 da China Eastern Airlines não chegou a seu destino previsto em Guangzhou, depois de ter decolado da cidade de Kunming (sudoeste) pouco depois das 13h (2h no horário de Brasília).

Sites de rastreamento de voos mostram que o avião ficou no ar por pouco mais de uma hora e estava se aproximando de seu destino.

De acordo com os dados do FlightRadar24, as últimas informações obtidas sobre o voo mostraram que às 14h22 (horário local) sua altitude era de 982 metros.

Equipes de resgate foram mobilizadas até o local e ainda não há informações sobre as vítimas.

Autoridades vão investigar as causas do acidente, ainda desconhecidas. O Boeing 737 caiu em uma zona rural na localidade de Teng, perto da cidade de Wuzhou, na região de Guangxi, e provocou um incêndio na montanha, afirmou a CCTV.

Até o momento, a China Eastern ainda não divulgou nenhum comentário sobre o acidente.

O último grande acidente aéreo na China aconteceu em agosto de 2010, quando houve 42 mortes.

i Jinping pede esforço máximo em operação de busca O presidente chinês Xi Jinping demandou esforço máximo nas operações de resgate depois da queda do avião de passageiros na tarde de hoje, no horário local, na região de Guangxi Zhuang. Companhia aérea ativou “resposta de emergência”

A companhia China Eastern Airlines, que operava o voo, ativou o “mecanismo de resposta de emergência” após o acidente de hoje. A estimativa é que uma equipe da empresa deve chegar à área estimada da queda no início da noite de hoje, segundo o Voz da China, maior veículo do país asiático..

Fonte: Uol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.