Atletas capixabas conquistam oito medalhas no Open Internacional de Karatê no Uruguai

Os caratecas capixabas conquistaram oito medalhas, sendo seis de ouro e duas de prata, no Open Internacional de Karatê, que aconteceu no Uruguai, nesse fim de semana. Os medalhistas Pedro Negri, Tamillis Campi, Thais Muglia e Raylaine Sara, viajaram com apoio do Compete Esportivo. A atleta Amanda Bissoli, que compõe a delegação, também medalhou.

Contemplados pelo Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), Tamillis Campi assegurou um ouro na categoria sênior -50kg, Thais Muglia garantiu mais um ouro na categoria 16/17 +59kg, além de uma de prata no kata 16/17 elite, e Raylaine Sara faturou uma prata na categoria sênior -55kg.

Além dos lutadores beneficiados, Pedro Negri conquistou ouro na categoria 16/17 anos +76 kg e Amanda Bissoli faturou mais três ouros, no kata júnior elite, no kata sênior elite e kumite júnior, todos -59kg. A competição é importante para os atletas pontuarem no ranking nacional, que seleciona os melhores no final do ano.

“Para gente é muito importante. Daqui uma semana vamos disputar uma seletiva para a Seleção Brasileira, então precisávamos viver essa experiência de competir e, querendo ou não, a pandemia acabou diminuindo as competições. Competir também faz parte do treino, então foi perfeito esse campeonato”, disse a carateca Tamillis Campi.

No próximo sábado (26) e domingo (27), os atletas disputam uma seletiva para a Seleção Brasileira, que será realizada em Fortaleza-CE.

Bolsa Atleta e Compete Esportivo

O edital atual do programa Bolsa Atleta está beneficiando 151 atletas e paratletas de alto rendimento, alcançando um recorde no número de bolsas concedidas. O auxílio financeiro mensal varia conforme a categoria do atleta no edital, sendo R$ 500 (estudantil), R$ 1.500 (nacional), R$ 2 mil (internacional) e R$ 4 mil (olímpico). O investimento total da Sesport no programa é de R$ 2,3 milhões.

O valor recebido pelo atleta pode ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamentos, suplementos alimentares, transporte urbano ou para participar de treinamentos e competições, além da aquisição de material esportivo.

Já o Compete Esportivo é um programa que custeia viagens de avião para que atletas e paratletas disputem competições nacionais e internacionais. A previsão da Secretaria de Esportes e Lazer para o edital 2021 é de um investimento de cerca de R$ 1,5 milhão em passagens aéreas, destinadas a esportistas de alto rendimento.

“A importância do Compete Esportivo para tudo isso é  realmente possibilitar irmos às competições. Eu não viria sem ter esse apoio. É um incentivo muito grande para nós que somos atletas. Além do Bolsa Atleta, que é o que nos mantém dentro do esporte. É o conjunto perfeito”, destacou Tamillis Campi, atleta beneficiada com apoio duplo.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesport

Denys Lobo

(27) 3636-7027 / (27) 99802-3645

Rodolfo Mageste

(27) 3636-7027 / (27) 99309-9053

assessoria@sesport.es.gov.br

Facebook: Sesport-ES

Instagram: @sesportesoficial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.